Portal da Cidade Mogi Guaçu

atenção

Saúde realiza nesta sexta-feira, 16, agendamento da vacina em três etapas

Às 8h o agendamento será para pessoas com ou acima de 40 anos; às 10h, para pessoas com 35 anos ou mais; às 13h, para pessoas com 30 anos ou mais

Postado em 15/07/2021 às 18:23 |

A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi Guaçu inicia nesta sexta-feira, a partir das 13 horas, o agendamento de vacinação contra a Covid-19 para pessoas com idade igual ou superior a 30 anos. Antes disso, às 8 horas da manhã, pessoas com 40 anos ou mais terão nova oportunidade de marcar seu horário. Logo em seguida, às 10 horas, a segunda chamada será para moradores com mais de 35. Todo atendimento será feito pelo site https://vacina.mogiguacu.sp.gov.br e pela central telefônica, em (19) 3811-7275.

Serão disponibilizadas, ao todo, 10.910 doses, divididas por grupo. 1.330 doses para pessoas com 40+, 1.200 doses para pessoas com 35+ e 8.380 doses para quem tem mais de 30 anos.

“Decidimos fazer um agendamento por etapas, em diferentes horários, para ampliar a chance ofertada a cada público”, explicou o secretário municipal de Saúde, Dr. Guilherme Barbosa. “A segunda chamada para grupos com mais de 35 e mais de 40 anos representa uma oportunidade de atingirmos quem ainda não teve acesso à vacina”.

Até o final da tarde de quarta-feira, dia 14 de julho, 92.224 doses de imunizantes contra a Covid-19 já haviam sido aplicadas na cidade. 68.404 pessoas haviam sido contempladas com a primeira dose, enquanto 20.082 concluíram o processo de imunização. Além destas, 3.738 pessoas receberam antígeno de dose única em Mogi Guaçu.

Nesta quinta-feira, 15 de julho, pessoas com mais de 35 anos que realizaram o agendamento no início da semana começaram a receber a vacina – processo que se estenderá até sábado, dia 17. A administração das doses que serão agendadas nesta sexta-feira (16) será feita a partir do dia 19 de julho.

Doses de Solidariedade

Durante toda a campanha de imunização contra a Covid-19 em Mogi Guaçu, a Secretaria Municipal de Assistência Social e o Fundo Social de Solidariedade promovem o “Doses de Solidariedade”, ação voltada à arrecadação de alimentos não-perecíveis por parte de daqueles que irão receber a vacina. 

As doações são opcionais e devem ser feitas nas unidades de saúde no ato da vacinação. “É um processo simples. Quando chega a vez da pessoa, ela agenda, vai ao posto na data, horário e local agendados para tomar a vacina e leva, se puder, um quilo de alimento que será destinado a famílias em situação vulnerável”, explica Leila Ramos, secretária municipal de Assistência Social.

Fonte:

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">

Mais Lidas